sábado, 8 de setembro de 2012

Natividade de Nossa Senhora

                                             
                 
         

8 de Setembro

O nascimento de Nossa Senhora ou a Natividade de Maria é uma festa litúrgica das Igrejas Católica, celebrada no dia 8 de Setembro, 9 meses após a sua Imaculada Conceição, celebrada em 8 de Dezembro.

Esta festa tem sua origem em Jerusalém. Começou a ser celebrada no século V como festa da Basílica Sanctae Mariae ubi nata est, actualmente conhecida como Basílica de Santa Ana. No século VII, já era celebrada pelas igrejas bizantinas e em Roma, como festa do nascimento da Bem-Aventurada Virgem Maria. A festa foi incluída no calendário tridentino em 8 de Setembro e permanece, até hoje, nesta data.

De acordo com a tradição, Maria nasceu de pais já velhos e estéreis, chamados Joaquim e Ana, como resposta às suas preces. A paciência e a resignação com que sofriam a esterilidade levaram-lhes ao prêmio de ter por filha aquela que havia de ser a Mãe de Jesus. Eram residentes em Jerusalém, ao lado da piscina de Betesda, onde hoje se ergue a Basílica de Santa Ana; e aí, num sábado, 8 de setembro do ano 20 a.C., nasceu-lhes uma filha que recebeu o nome de Miriam, que em hebraico significa "Senhora da Luz", passado para o latim como Maria. Maria foi oferecida ao Templo de Jerusalém aos três anos, tendo lá permanecido até os doze anos.

Visivelmente, nenhum acontecimento extraordinário acompanhou o nascimento de Maria e os Evangelhos nada dizem sobre sua natividade. Nenhum relato de profecia, nem aparições de anjos, nem sinais extraordinários são narrados pelos evangelistas. No entanto, São João Damasceno afirma que o nascimento a partir de uma mãe estéril já um sinal das bençãos especiais que recaem sobre Maria. Ainda, em sua Homilia sobre a Natividade de Maria diz: "Hoje é o começo da salvação do mundo, porque na Santa Probática foi-nos gerada a Mãe de Deus através de quem o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo, nos foi gerado."

No século IV, e posteriormente, no século XV, surgiu a crença que Maria também teria sido concebida por uma virgem, pelo poder do Espírito Santo. Esta crença foi condenada como um erro pela Igreja Católica em 1677. A Igreja ensina que Maria foi concebida de maneira natural, mas foi miraculosamente preservada do pecado original para ser a mãe de Cristo. Esta concepção livre do pecado original é chamada de Imaculada Conceição.

                                                                           

Oração: Oh! graciosíssima Menina! que com vosso feliz nascimento haveis consolado ao mundo, alegrado ao céu e aterrado ao inferno; haveis dado ajuda aos caídos, alegria aos tristes, saúde aos enfermos e alegria a todos; Vos suplicamos com os mais fervorosos afetos que renasçais espirivossalmente com vosso santo amor em nossas almas; Renovai nosso espírito para que vos sirvamos, acendei de novo nosso coração para que vos amemos; E fazei florecer em nós aquelas virtudes com as que possamos fazer-nos sempre mas agradáveis a vossos benigníssimos olhos.
Oh! Maria ! Sede para nós Maria, fazendo-nos experimentar os maravilhosos afetos de vosso suavíssimo Nome; Sirva-nos a invocação deste Nome de alívio nos trabalhos, de esperança nos perigos, de escudo nas tentações, de alento na morte. Seja o Nome de Maria como a mel na boca, a melodia nos ouvidos, e o júbilo no coração. assim seja. Amém!                                                                                           
                                                                               

08 de Setembro
Parabéns, Nossa Senhora!
Hoje é dia de louvar a Deus por teu nascimento,
por tua imaculada conceição, pela hora bendita que conheceste a luz.

Parabéns, Nossa Senhora!

Hoje é dia de festa na terra em que pisaste e viveste,
hoje é dia de festa no céu em que reinas em teu trono entre os anjos.

Parabéns, Nossa Senhora!

Porque disseste sim, sem hesitar, a teu Senhor,
porque carregaste o Emanuel em teu ventre, sem nunca parar de servir,
porque guardaste todas as coisas em teu coração de mãe,
porque o apresentaste a Deus, com a oferenda de tua própria vida,
porque o entendeste entre os doutores, no meio do povo,
porque o sustentaste na hora do calvário e o recebeste descido da cruz.

Parabéns, Nossa Senhora!

Porque estavas orando em Jerusalém com os discípulos de teu Filho,
porque também pediste o Espírito que fundaria a Igreja,
porque dela não hesitaste em ser mãe e advogada nossa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário