terça-feira, 5 de fevereiro de 2013

Jesus e as Crianças e Orações

                                                                             
                                                                               


   
                                                                         

História - Texto base: Marcos 10.13-16
Um dia, Jesus estava ensinando uma grande multidão, que se sentou ao seu redor. Havia muita gente lá, inclusive algumas crianças.
Jesus era grande amigo das crianças. Ele amava todas elas e se importava com cada uma. Então, os papais e mamães levaram seus filhos para que Jesus os abençoasse, tocando-os.

Mas os discípulos acharam que as crianças atrapalhariam a Jesus. Eles começaram a mandá-las embora.
 
Mas Jesus disse a eles: "Não façam isso. Deixem as crianças virem até mim e não as impeçam, pois delas é o Reino dos Céus"!

E disse mais: "_ Em verdade eu digo a vocês, que qualquer u
m que não receber o Reino dos Céus como uma criança, jamais entrará nele." 

Então Jesus pegou as crianças em seus braços e as abençoou.
 As crianças ficaram muito felizes po
r Jesus se importar com elas. Ele as amava de verdade e sabia que cada uma era importante. Deus fez a você e a mim. Para Ele todos nós somos muito importantes.        

Ele nos fez como somos e nos acha muito bonitos. Deus também fez cada um de um jeitinho: um é branquinho, outro moreninho e o outro tem os olhos puxados. Ele nos fez assim porque ama enfeitar o mundo que criou com pessoas de cada jeitinho.

Como seria sem graça se todos nós tivéssemos o
 mesmo rosto e cabelo, não é? Mas Deus ama fazer cada pessoa do jeitinho que criou. Ele quer que aceitemos uns aos outros com amor, pois Ele ama a cada um de nós.


                                                                               
                                                                           
                                                                             


                                                                             


                                                                                                     
                                                                                                        




Um comentário: