sexta-feira, 7 de junho de 2013

Sagrado Coração de Jesus e Imaculado Coração de Maria duas grandes festas litúrgicas...

Sagrado Coração de Jesus - Mt. 11,25-30 Ano A 23/06/2017
Refletiremos a passagem do Evangelho de Jesus Cristo segundo S. Mateus, capítulo 11, versículos de 25 a 30:
Jesus louva ao Pai (V. 25-26) – Crer em Jesus é crer igualmente no Pai. O maior louvor que podemos fazer ao Pai é cumprir sua santa vontade, aceitando a salvação que seu Filho Jesus Cristo conquistou pra nós, ao preço de seu sofrimento e morte na cruz. Jesus disse: “Nem todo aquele que me diz: Senhor, Senhor, entrará no Reino dos céus, mas sim aquele que faz a vontade de meu Pai que está nos céus”. (Mt 7,21) No versículo 26, Jesus dá o “Sim” mais uma vez à vontade do Pai: “Sim, Pai, eu te bendigo, porque assim foi do teu agrado”. O Catecismo (2603) ensina: “Toda a oração de Jesus está nesta adesão amorosa de seu coração de homem ao mistério da vontade do Pai”.
O Pai revela aos pequenos seu Reino de amor (V.25) – Jesus louva ao Pai porque revelara as coisas do Reino aos pequenos, aos humildes, isto é, aos que põem n’Ele sua confiança . E o Catecismo (2603) diz que “Jesus glorifica o Pai, agradece-lhe e o bendiz porque escondeu os mistérios do Reino aos que se julgam doutos e revelou-os aos pequeninos (os pobres das Bem-aventuranças)”. Portanto, irmãos, se quisermos conhecer mais a Deus e estreitar os laços de amor e amizade com Ele precisamos ser humildes e mansos. Jesus Cristo mesmo diz que é necessário aprender dele essa doutrina: “…recebei a minha doutrina, porque eu sou manso e humilde de coração”. (V.29)

Palavra: Jo 19, 34-35
Contudo um dos soldados lhe furou o lado com uma lança, e logo saiu sangue e agua. E aquele que o viu testificou, e o seu testemunho é verdadeiro; e sabe que é verdade o que diz, para que também vós o creiais”.

Diz a Liturgia que “aberto o seu Coração divino, foi derramado sobre nós torrentes de graças e de misericórdia”. Jesus é a Encarnação viva do Amor de Deus, e seu Coração é o símbolo desse Amor. Por isso, encerrando uma conjunto de grandes Festas (Páscoa, Ascensão, Pentecostes, Santíssima Trindade, Corpus Christi), a liturgia nos leva a contemplar o Coração de Jesus. 

Lembrar o que diz o DNC: “Aparições, milagres, anjos, devoções, lugares sagrados e outros temas que podemos abordar na catequese e que são apreciados pela religiosidade popular têm sentido quando estiverem ligados aos pontos fundamentais e forem por eles iluminados.” (DNC 131).

Oração
Consagração ao Coração de Jesus.

2 comentários: