sábado, 31 de agosto de 2013

Setembro Mês da Bíblia

  



A Bíblia é a palavra de Deus, ela é uma coleção de livros catalogados, divinamente inspirados e considerados pelas três grandes religiões dos filhos de Abraão, (cristianismo, judaísmo e o islamismo). 

A palavra Bíblia é originária de uma planta que nascia e crescia espontaneamente às margens do Rio Nilo, chamada papiro. E a película ou folha, tirada do caule do papiro, chamava-se bíblos, palavra grega que significa livro, e o plural é biblion, em grego significa bíblia. Portanto, Bíblia quer dizer “coleção de livros”. 

Era escrita em tijolos assados, em papiro, ou em pergaminhos (pele de ovelha). Esta escrita era realizada na cidade de Pérgamo, por isso que os livros eram chamados de pergaminho. 

A Bíblia também é conhecida como "Escrituras Sagradas" e está dividida em dois grandes testamentos: o antigo e o novo testamento. O Antigo Testamento contém 46 livros e o Novo Testamento 27 livros totalizando 73 livros. A palavra testamento significa aliança, contrato entre duas partes (Deus e a humanidade). 

O Antigo Testamento nos revela a Criação do mundo, as alianças que Deus fez com os homens, as profecias, a fidelidade e infidelidade do povo de Deus, e principalmente, a preparação do povo para a vinda de Jesus, o Messias e está dividido em quatro partes: 

Pentateuco: Gênesis; Êxodo; Levítico; Números e Deuteronômio. 
Livros Históricos: Josué; Juizes; Samuel I e II; Reis I e II; Crônicas I e II; Esdras; Neemias; Macabeus I e II; Rute; Tobias; Judite e Ester. 
Livros Sapienciais: Provérbios; Jó; Eclesiastes; Eclesiástico; Sabedoria; Salmos e o Cântico dos Cânticos .
Livros Proféticos: está divido em Profetas Maiores: Isaías; Jeremias; Ezequiel e Daniel. E Profetas Menores: Lamentações; Baruc; Oséias; Joel; Amós; Abdías; Jonas; Miquéias; Naum; Habacuc; Sofonias; Ageu; Zacarias e Malaquias. 

O Novo Testamento narra desde a vinda de Jesus até por volta do ano 100 com o falecimento do apóstolo São João. Possui quatro livros que contam a vida de Jesus Cristo (Mateus, Marcos, Lucas e João), desde o seu nascimento até a sua ascensão ao céu. Esses quatro livros sagrados formam um conjunto denominado evangelho. É também constituído por várias cartas (também chamadas epístolas), que foram escritas pelos apóstolos com o objetivo de direcionar os primeiros cristãos no caminho de Deus. Das 21 cartas, algumas são conhecidas como cartas de cativeiro, ou seja, eram escritas por apóstolos que estavam presos, pois naquela época os cristãos eram perseguidos pelos romanos. Além do evangelho e das cartas, possui um livro que conta os primórdios da Igreja de Jesus, que é a Igreja Católica, e outro livro que revela as profecias da Segunda vinda de Jesus, respectivamente, são eles: Atos dos Apóstolos (escrito por São Lucas) e o Apocalipse (escrito por São João). Possui 27 livros e está dividido em cinco partes: 

Evangelhos: Mateus, Marcos, Lucas e João. Os Evangelhos contam o nascimento, a vida missionária, a morte, a ressurreição e a ascensão de Jesus Cristo. Evangelho significa “Boa Nova” ou boa notícia. Jesus Cristo é a boa notícia, a palavra viva de Deus; “E o Verbo se fez carne e habitou entre nós, e vimos sua glória, a glória que o Filho único recebe do seu Pai, cheio de graça e de verdade.” Jo. 1, 14. 
Atos: O Atos dos Apóstolos conta o nascimento da Igreja, a vivência das primeiras comunidades, e as viagens missionárias dos apóstolos e a expansão da Igreja por todo o mundo. 
Epístolas Paulinas: Romanos; Corintos I e II; Gálatas; Efésios; Filipenses; Colossenses; Tessalonicenses I e II; Timóteo I e II; Tito; Filemôn e Hebreus 
Epístolas Católicas ou Pastorais: Thiago; Pedro I e II; João I, II e III; e Judas 
Apocalipse: Apocalípse 

A Bíblia foi escrita em três idiomas: o hebraico para o Antigo Testamento e grego para o Novo Testamento, com exceção do Evangelho de São Mateus, que foi escrito em aramaico. Foi São Jerônimo quem traduziu os textos originais da Bíblia em grego e hebraico para o latim no ano 384. Esta tradução ficou conhecida como a Bíblia Vulgata Latina. No dia 30 de setembro a igreja celebra o dia de São Jerônimo, por isso, este mês foi escolhido pela Igreja para ser o mês da Bíblia. Os livros são abreviados para facilitar a escrita da citação. Ela já foi traduzida em 1685 idiomas, portanto encontra-se em todos os países do nosso planeta. 

A Bíblia começou a ser escrita no tempo de Moisés, que viveu ai     pelo ano de 1250 a.C., quando o faraó Ramsés II governava o Egito.            E a última parte da Bíblia foi escrita no final da vida do último   apóstolo São João Evangelista, por volta do ano 100 d.C. Portanto a Bíblia     foi escrita dentro de um período de aproximadamente 1350 anos. 
                                                         


Toda bíblia é comunicação
De um Deus amor, de um Deus irmão.
É feliz quem crê na revelação,
Quem tem Deus no coração.


2 comentários:

  1. Olá Lucimar.
    Que lindo está o seu blog! É muito bom visitar seu cantinho.
    Um bom e abençoado fim de semana.
    Luciana Dias

    ResponderExcluir
  2. Obrigada, seja sempre bem vinda.
    Também visito o seu blog, é muito bom e levo para a sala de catequese algumas de suas atividades.Quero aproveitar e agradecer você por ter me adicionado em seu blog.
    Uma ótima semana Abençoada para você.

    ResponderExcluir