terça-feira, 25 de março de 2014

5º Domingo da Quaresma - Jo. 11,1-45 Ressureição de Lázaro



Todos ficaram muito felizes com a ressurreição de Lázaro, e todas as pessoas que estavam perto de Marta e Maria creram no Senhor Jesus e no milagre que Ele realizou. A história de Lázaro nos lembra também que Jesus morreu e ressuscitou para nos dar uma vida diferente – a vida eterna. Todos aqueles que aceitam a Jesus como Salvador têm vida eterna.
Deus criou a família com o objetivo de união, de amor, de colaboração, de amizade. É muito bom ter a uma família que se ama e , principalmente, que serve ao Senhor. Isso acontecia na família de Marta, Maria e Lázaro.
Como é bom ver que estes irmãos se amavam e juntos amavam a Jesus.

Conclusão
O que você pode fazer para mostrar que ama seu irmão? Que tal começar amostrar amor deixando-o brincar com seu brinquedo favorito? Ou ajudá-lo a fazer algo que o papai ou a mamãe pediu para que ele fizesse.




terça-feira, 18 de março de 2014

4º Domingo da Quaresma - Cego de Nascimento Jo 9, 1-41

                          
                                                                   
                                                                                 
Jesus tem poder para curar e é o único que pode perdoar os nossos pecados. O mendigo cego acreditou em Jesus. Você acredita que só Jesus pode perdoar as coisas erradas que vocês faz?
A Bíblia fiz: "Se confessarmos os nosso pecados,  Deus aí fiel e justo para nos perdoar os pecados e para nos purificar de toda iniquidade."   (1 Jo 1:9). 

sexta-feira, 14 de março de 2014

3º Domingo da Quaresma - Jo 4, 5-42 A Mulher Samaritana


                                                                                 

Jesus é a água da vida , quando deixamos que o pecado entre na nossa vida ele nos rouba essa água e ficamos mergulhados no vazio. Precisamos renovar nossos votos com Jesus todos os dias experimentando sempre de suas palavras que são água viva para nossa vida Amém
Compromisso da semana: Jesus é a fonte da vida. Nele encontramos acolhida, alegria e salvação.
                                                                             
A Mulher Samaritana - História em quadrinhos
                                                                           







Em diversas situações do nosso caminho, deparamo-nos com problemas que ameaçam sucumbir a nossa fé, a nossa esperança e o nosso ânimo. Mediante a estas situações embaraçosas da vida, olhamos para Jesus, a fonte inesgotável de água viva. Aproximemo-nos dele, o Rochedo que, ferido na cruz, de lado aberto, faz jorrar a água do Espírito para o seu povo peregrino e sedento.
Quantas vezes a sociedade tenta matar a sede em águas sujas e envenenadas? São águas que matam e não saciam. No Cristo, água viva, homem e mulher podem saciar toda sede de justiça, de amor, de esperança e de paz. Ele é o Rochedo do qual jorra a água do Espírito, que dura para a vida eterna.
A samaritana cansada de águas que não saciam, optou pelo dom maior que é Deus. A experiência que fez de Jesus foi tão profunda que marcou a sua existência, transformando-a em anunciadora do Cristo, junto aos seus concidadãos. Vamos nós também, anunciá-lo. Que a celebração deste III Domingo da Quaresma, a exemplo da samaritana nos leve a suplicar: dá-me água viva Senhor.

Exercício de fixação: Qual é a água?Divida o grupo em duas equipes sentadas. Escolha duas crianças, uma para representar a água natural (que bebemos, tomamos banho, lavamos roupa, etc) e a outra é a água da vida (que vem de Deus: salvação, alegria, paz, etc) e posicione cada criança afastada da outra. Formule frases com cada tipo de água. Ex: Meu tio cavou um buraco e achou água. As crianças devem se levantar e se locomover até a criança que representa água natural. Outro exemplo: Águas vivas fluem do trono de Deus! As crianças devem se levantar e se locomover até a criança que representa a água viva. As crianças que escolherem a opção errada, que demorarem a escolher ou não escolherem, vão sendo eliminadas, vence a equipe que mais acertar.

segunda-feira, 10 de março de 2014

Tríduo de São José


Tríduo de São José
                                                                              
Pelo sinal da santa cruz livrai-nos Deus de nossos inimigos.
V. Benditos e amados sejam os dulcíssimos nomes de Jesus, Maria e José.
R. Amém.

Oração Inicial para todos os dias

A Vós recorremos, bondoso Patriarca, e com todo o fervor de nosso afligido Coração vos pedimos que, deste trono de glória em que vos colocaram vossas virtudes e merecimentos, escuteis propicio nossas súplicas e tenhais piedade de nós.
Humildemente confessamos que nossas tribulações são penas de nossas culpas; por isso com dor de coração, pedimos a Deus perdão de todas elas.
Amoroso São José, pelo amor que professais a vosso Jesus e Maria e pela autoridade que sobre eles exercestes aqui na terra, intercede agora por nós no céu, escutando nossas petições e apresentando-as vos mesmo a vossa Esposa Imaculada e a vosso Divino Filho para que sejam favoravelmente ouvidas, para maior glória de Deus e santificação de nossas almas. Amém.

Castíssimo esposo da virgem Maria e amável protetor meu São José!, que jamais se ouviu dizer que alguém já tenha invocado vossa proteção e implorado vosso auxilio sem haver sido consolado. Cheio de confiança em vosso poder, já que exercestes com Jesus o cargo de Pai, venho a vossa presença e me encomendo a Vos com todo fervor. Não desprezeis minhas súplicas, antes bem, acolhei-as e dignai-vos atende-las piedosamente. Amém.

Oração Final para todos os dias

Gloriosíssimo Patriarca São José, castíssimo Esposo da Mãe de Deus;
Ao vosso amparo acudimos, não desprezais nossas súplicas e livrai-nos de todos os perigos.
V. Bendito Patriarca São José, rogai por nós.
R. Para que sejamos dignos da graça que imploramos.

Santíssima Virgem Maria, Mãe de Deus e Mãe nossa, uni vossos rogos aos de vosso castíssimo Esposo e pelos maternais cuidados que dedicastes ao Menino Jesus, intercedei e rogai por nós para que sejamos dignos de alcançar a graça que vos pedimos.

Sacratíssimo Coração de Jesus, ouvi benigno as súplicas de Maria, cheia de graça, e de José, varão justo, para que por sua intercessão logremos o favor solicitado, se for para a maior honra e glória vossa e bem de nossas almas.
Vós que viveis e reinais por todos os séculos dos séculos. Amém.

Primeiro Dia

Aqui nós estamos em vossa gloriosa presença, doce protetor nosso São José, implorando vosso eficaz patrocínio.
Dirige, oh Grande Santo, uma olhada amorosa sobre nós, miseráveis filhos de Eva, e alcança-nos com a graça que vos pedimos, as Virtudes da humildade, pureza e obediência, a honra de morrer assistidos por Jesus, por vossa Esposa e por vós, para o bendissermos e o louvarmos no céu eternamente. Amém.
Pede-se a graça que se deseja.

Rezar sete Pai-Nosso e Ave-Marias em memória de os sete dores e alegrias de São José.

Segundo Dia

Ao vossos pés nos prostramos com o mais humilde afeto, oh incomparável protetor nosso São José!, confiando em vosso eficaz patrocínio.
Dirige, oh grande Santo! Um olhar amoroso sobre nós, miseráveis pecadores filhos de Eva, e alcançai-nos a graça que vos pedimos juntamente com as três virtudes de: terna piedade, gratidão aos divinos benefícios e firme confiança em Deus, que tanto e com tanto fruto praticastes vós mesmo, a fim de que enriquecidos com elas, possamos expirar docemente nos braços de Jesus e Maria, e chegarmos depois em vossa companhia no céu, por toda a eternidade. Amém.
Pede-se a graça que se deseja.

Rezar sete Pai-Nosso e Ave-Marias em memória de os sete dores e alegrias de São José.

Terceiro Dia

Prostrados ante Vós, insigne protetor nosso São José, acudimos também hoje em demanda de vosso eficaz patrocínio.
Dirige, Oh grande Santo!, um olhar amoroso sobre nós, miseráveis filhos de Eva, e apresentai nossas súplicas ao Pai Eterno, cujas vezes fizestes na terra tutelando seu Divino Filho; Oferecidas também ao Espírito Santo, de quem fostes representante como Esposo de Maria; Apresentai-as, enfim, ao Filho para que sejam benignamente atendidas pela Santíssima Trindade, objeto de todo nosso amor, agora e sempre, por todos os séculos. Amém.
Pede-se a graça que se deseja.

Leia um texto da Bíblia. Mt.2, 13-23 e reze: Pai-Nosso..., Ave-Maria..., Glória ao Pai...