segunda-feira, 16 de junho de 2014

Perguntas e Respostas

Crisma
1 - Com que outro nome se pode chamar o Sacramento do Crisma?

A - Confirmação
B - Baptismo
C - Confissão
2 - Para receber o Sacramento da Confirmação, o crismando deve ter recebido:

A - O Sacramento da Ordem
B - O Sacramento do Baptismo
C - A benção do Papa

3 - Quem pode administrar o Sacramento da Confirmação?

A - O Bispo (ou um delegado seu)
B - O Presidente da Câmara
C - Um pai

4 - Geralmente em que circunstâncias é recebido o Sacramento da Confirmação?

A - Durante a reza do terço
B - Dentro da missa
C - Durante o rito da adoração da Santa Cruz

5 - O que é o "Crisma"?

A - O óleo benzido pelo Bispo
B - A água benta
C - A hóstia consagrada
D - Um crucifixo antigo

6 - Que significa a palavra "crismal"?

A - Sagrado
B - Unguento, óleo
C - Solene

7 - Como se chama ao que se apresenta para receber o Sacramento do Crisma?

A - Neófito
B - Catecúmeno
C - Crismando
D - Clérigo

8 - Qual é a cor dos paramentos usados pelo celebrante do Sacramento do Crisma?

A - Vermelho ou Branco
B - Roxo
C - Verde
D - Azul

9 - Enumera três momentos do rito da Confirmação?

A - Apresentação dos crismandos
B - Homilia do Celebrante
C - Renovação das promessas baptismais
D - Imposição das mãos
E - Crisma
F - Oração universal
G - Bênção solene (no fim da missa)

10 - Quando acontece a renovação das promessas baptismais por parte do crismando?

A - Depois de ser crismado
B - Depois da homilia
C - No fim da Missa


* RESPOSTAS

1 - A
2 - B
3 - A
4 - B
5 - A
6 - B
7 - C
8 - A
9 - A, B, C, D, E, F, G
10 - B
Por que se crismar?

VER

Antes de qualquer coisa, é preciso responder a algumas perguntas

O que é a Crisma?
Crisma é o sacramento que confirma o batismo.

O que acontece quando alguém é crismado? 
Compromete-se com Jesus, através do Espírito Santo.

Quando Deus nos chama é preciso dar a nossa resposta a este chamado.
Crismar-se é aceitar o chamado de Deus.

Veja alguns exemplos de como isso acontece:

“Passando ao longo do mar da Galiléia, viu Simão e André, seu irmão que lançavam as redes ao mar, pois eram pescadores. Jesus disse-lhes: ‘Segui-me e eu farei de vós pescadores de homens’. Imediatamente, deixaram as redes e o seguiram. Tendo passado um pouco adiante dali, viu Tiago, filho de Zebedeu e João, seu irmão, que estavam numa barca consertando as redes; chamou-os logo. Eles, tendo deixado na barc seu pai Zebedeu com os empregados, seguiram-no” (Mc 1, 16-20).

“Jonas ficou profundamente indignado com isso e dirigiu ao Senhor esta prece: ‘Há Senhor, era bem isso que eu dizia quando estava ainda na minha terra! É por isso que eu tentei esquivar-me fugindo para Taris’ ” (Jn 4, 1).

Há também aqueles que não aceitam o chamado do senhor:

“ Um homem de boa posição perguntou então a Jesus: ‘Bom Mestre, que devo fazer para possuir a vida eterna?’ Jesus respondeu-lhe: ‘Por que me chamas de bom? Ninguém é bom senão só Deus. Conheces os mandamentos: não cometerás adultério, não matarás, não furtarás, não dirás falso testemunho, honrarás pai e mãe’. Disse ele : ‘ Tenho observado tudo isso desde a minha juventude.’ A estas palavras Jesus falou: ‘ Ainda te falta uma coisa; vende tudo o que tens, dá-o aos pobres, e terás uma recompensa no céu, depois vem e segue-me.’ Ouvindo isto, ele se entristeceu, pois era muito rico.” (Lc 18, 18-23).

JULGAR

Como vimos, crismar-se é muito importante, tão importante que a crisma imprime no crismado, a marca de CRISTÃO.
Crismar-se significa:
• Decidir-se por opção própria.
• Vivenciar a fé a esperança e a caridade.
• Aceitar os compromissos do batismo e vivê-los.
• Vivenciar a palavra de Deus.
• Colocar os dons a serviço de Deus
• Despojar-se
• Participar da santa missa e receber a Eucaristia.
• Participar do sacramento da Reconciliação.
• Aprofundar o espírito de oração.
• Interessar-se pela leitura meditativa do evangelho.
• Engajar-se na comunidade, interessando-se por suas atividades.
• Criar ambiente de amizade e fraternidade nas comunidades em que convive.

AGIR

Assuma um compromisso com Jesus.
Até o dia de sua crisma, comprometa-se com Jesus a tornar hábito em sua vida, pelo menos uma das sugestões abaixo.

 Não faltar as missa dominicais
 Comungar nas missas
 Confessar-se frequentemente
 Assistir a pelo menos uma missa durante a semana
 Fazer adoração periódica ao Santíssimo Sacramento
 Trazer um amigo para a Igreja
 Ler a bíblia diariamente
 Rezar pelo menos duas vezes por dia
 Estudar a sua religião
 Rezar um terço por semana
 Engajar-se em alguma pastoral
 _______________________________________________________________
 _______________________________________________________________
 _______________________________________________________________

Você pode completar esta lista com hábitos condizentes com um cristão crismado.

PARA REFLETIR

1) Como os apóstolos reagiram ao chamado de Jesus ?
2) O que a crisma nos torna ?
3) Quais os pré-requisitos básicos para se crismar ?
4) Como foi o seu chamado para a crisma?

                                            

O sacramento da Confirmação ou Crisma
Cristo instituiu um sacramento que confirma o Batismo, para que nossa fé cresça e amadureça, através da plenitude do Espírito Santo, que derrama os seus dons. Essa prática de transmitir a graça do Espírito Santo por meio da imposição das mãos está presente desde os inícios da Igreja. Bem cedo se acrescentou à imposição das mãos a unção com o óleo do crisma. Daí a origem do outro nome, Sacramento da Confirmação.

Com o Batismo, nós já nos tornamos filhos de Deus. O sacramento da Crisma nos enraíza mais profundamente nessa filiação divina. Somos filhos no Filho, estando mais unidos a Cristo. Também nos vinculamos mais perfeitamente à sua Igreja e participamos mais ativamente de sua missão: o crismado é um soldado de Cristo, a sua testemunha. Para realizar essa grande missão, recebemos os dons do Espírito Santo, que na tradição da Igreja são sete: sabedoria, inteligência, conselho, fortaleza, ciência (ou conhecimento), piedade e temor de Deus.
Simbologia e rito do sacramento 
A unção com o santo crisma simboliza o selo espiritual que o crismando recebe. Assim como no sacramento do Batismo, esse selo é indelével, ou seja, uma vez crismado essa marca fica para sempre na vida do cristão, mesmo que ele não pratique mais a fé.
O símbolo da unção tem raízes na tradição do Antigo Testamento. O rei do povo de Israel era ungido com óleo. O óleo significa abundância (Dt 11,14), alegria (Sl, 23,5; 104,15), purificação, agilidade (até hoje alguns atletas e lutadores se ungem com óleo), cura e irradia beleza, saúde e força.
Essa “marca”, o selo do Espírito Santo que o cristão recebe quer manifestar que somos totalmente de Cristo e estamos ao seu serviço na extensão do Reino, fortalecidos pela graça do Senhor.
O óleo do santo crisma, que é usado para ungir o crismando é consagrado na missa dos santos óleos (Quinta-feira Santa) pelo bispo diocesano, acompanhado por todo o seu clero.
Antes da unção com o santo crisma, o bispo estende as mãos sobre os crismandos, realizando assim o gesto que desde os tempos dos apóstolos é sinal do dom do Espírito.
Em seguida é realizado o gesto essencial do sacramento: a unção do santo crisma na fronte do confirmando. No momento que o bispo unge o confirmando diz as seguintes palavras: “Recebe, por este sinal, o Espírito Santo, dom de Deus”. Após esse gesto, o cristão está crismado e em sua vida se manifesta os efeitos do sacramento, que falamos no início da catequese. Em síntese poderíamos dizer que aumenta a nossa proximidade com a Santíssima Trindade e com a Santa Igreja.

                                       

Nenhum comentário:

Postar um comentário