segunda-feira, 8 de setembro de 2014

Jubileu de Ouro 1964-2014 - 50 Anos em Missão

                                                                             
No ano de 1963, por iniciativa dos padres palotinos, pela pessoa do Pe.Germano Mayer, foram dadas as iniciativas para a fundação de uma nova Paróquia em Arapongas-Pr, com o aval do Bispo diocesano de Londrina, Dom Geraldo Fernandes. O santo padroeiro da nova Paróquia será São Vicente Pallotti.

O Pe. Germano Mayer, que fora designado para dar andamento nos processos para a criação da nova paróquia veio a falecer no dia 8 de janeiro de 1964. Foi nomeado o saudoso Pe. Paulo Speiser no dia 22 de outubro de 1964 para substituí-lo nesta tarefa, onde então deu-se a inauguração da Igreja São Vicente Pallotti sob decreto  assinado pelo Bispo diocesano de Londrina no dia 23 de outubro de 1964.

No mês de outubro de 1965, foi dado início á construção do Grupo Escolar Paroquial Padre Germano Mayer e em  janeiro de 1966 a Casa Paroquial.

No dia 04 de novembro de 1976, a comunidade de Arapongas é surpreendida com a notícia do falecimento do Pe. Paulo em um grave acidente utomobilístico. Pe. Francisco Buttermuller assume a paróquia. Ao longo dos anos passaram vários párocos que contribuíram com o desenvolvimento da igreja e de sua comunidade, dentre eles destacam-se: 
Pe. Francisco Proske (1977 a 1990); Pe. Moacir Santo Gionco (1990 – 2001); Pe. Francisco Ferreira Dias (2001 – 2006); Pe. Pedro Ramos de Faria (2006 – 2012); Pe. Almir   Divieso Roman (2012 – atualmente). E também seus Vigários: Pe. Ernesto, Pe. Salvador, Pe. Ivanildo, Pe. Marcos, Pe.Edvan e Pe. José Orlando.
                                                                          
Oração de São Vicente Pallotti:
Meu Deus, amor infinito de minha alma, alimento e sustento eterno, infinito, imenso, incompreensível da minha pobre alma, tu vês quando sou fraco, deformado, chagado, porque não me alimentei de ti, como podia e devia. Ao Contrário, andei alimentando a minha alma de pensamentos, desejos e afetos, todos terrenos, brutais, de morte e de morte eterna e abandonei com horrível ingratidão, a ti, que és o alimento da vida eterna.Concede-me a graça de uma perfeita contrição da minha ingratidão e de todos os meus pecados e a graça de levar uma vida toda desapegada dos prazeres terrenos e toda entregue à prática da santa oração e meditação e fazer a tua santíssima vontade em todos os meus deveres, a fim de manter a minha alma sempre preparada, disposta e apegada a Ti Pai, Filho e Espírito Santo e a todos os teus infinitos atributos e ser eu transformado em Ti de modo que chegue a ser semelhante a ti na glória. Amém.                                                 
São Vicente Pallotti – Rogai por nós!
                                                                     



Nenhum comentário:

Postar um comentário