quinta-feira, 23 de junho de 2016

Evangelho Lc 9,51-62

3º DOMINGO DO TEMPO COMUM - Domingo 26/06/2016
Leituras
Primeira Leitura 1Rs 19,16b.19-21
Salmo (15 (16))
Segunda Leitura Gl 5,1.13-18
Evangelho Lc 9,51-62
Mensagem Principal
Mais uma vez o Senhor nos presenteia com o dom de sua Palavra, que neste domingo tem como tema predominante o discipulado, ou o do seguimento. Sabemos que não é fácil seguir Jesus, mas somos escolhidos e preparados para anunciar sua mensagem de esperança e amor. Nesta liturgia, peçamos ao Senhor que fortaleça os laços de amor que nos identificam como discípulos e discípulas do Mestre.
Ideia para trabalhar esse Evangelho
Que tal aproveitar um barquinho de papel e explicar para as crianças o verdeiro sentido de seguir Jesus?

Devemos nos lançar no grande mar que é a vida, com todas as suas turbulências e perigos.. Lá há muitoooos que precisam conhecer o Seu amor....
Nosso barco é pequeno, sim... MUITO.
Mas Jesus sempre, sempre Segura nossa mão.
Num barco pequeno não cabe muitas coisas... e realmente não podemos carregar tudo para seguir Jesus, temos que estar leves... o que você vai deixar?
- a desobediência
- a preguiça
- a falta de amor
- o egoísmo
- a mentira
Que mais?
Vamos fazer uns barquinhos de papel, pegar uma bacia bem grandona e dar este importante ensinamento para os nossos pequenos.
Peça ajuda ao Espirito Santo, Ele conduz nosso barco, nossas palavras... nossa missão!
Oração:
A oração do Pai Nosso é uma importante oração para quem quer seguir Jesus.


quinta-feira, 2 de junho de 2016

Santos Juninos


Dia 13 de junho a Igreja Católica celebra o dia de Santo Antonio.
Mas quem foi este homem tão amado o qual tantas pessoas lhe são fiéis e confiam na sua intercessão junto a Deus?
Seu nome era Fernando e nasceu no dia 15 de agosto de 1195 em Lisboa, Portugal. Era franciscano e tornou-se conhecido como um grande pregador. Fixou-se em Pádua, reformou a cidade, acabou com a prisão de devedores, ajudou os pobres e morreu em 13 de junho de 1231 aos 36 anos. Foi canonizado em 30/05/1232 pelo Papa Gregório IX, e indicado Doutor da Igreja em 16-01-1946 por Pio XII com o título de “Doutor Evangélico”.
Era chamado o “Trabalhador Maravilha” pelos seus muitos milagres, é o padroeiro dos casais, e um santo popular para encontrar itens perdidos. No Brasil é o Santo casamenteiro e é invocado pelas moças solteiras para encontrar um noivo.
O milagre dos peixes: Santo Antonio faz um sermão aos peixes, no rio Marecchia porque os homens de Rimini não o querem ouvir. Os homens, ao verem todos os peixes com a cabeça fora da água como que ouvindo as suas palavras, eles arrependem-se e dirigem-se para junto do Santo, ouvindo o sermão.

O milagre do jumento: Um herege não acreditava que Cristo de fato estava presente na Eucaristia. Santo Antonio diz que o jumento que o homem tinha, era menos teimoso e que seria mais fácil convencê-lo. Ao ver a hóstia, o jumento ajoelha-se.

Em 1236 fizeram o traslado do seu corpo e foi possível encontrar a língua do Santo, perfeitamente rosada, no corpo já em decomposição. A língua ficou como relíquia lembrando que aquela língua anunciou a palavra de Deus ao mundo.