quinta-feira, 17 de novembro de 2016

Sacramentos: Sinais de nosso encontro com Deus


SACRAMENTOS:

Os sacramentos são sete sinais especiais da graça de Deus chegar até nós. São sinais de vida ou presentes que ele confiou à sua Igreja. O autor dos sacramentos é Jesus Cristo.

Jesus quis deixar os sacramentos em sua Igreja, pois sabia que precisaríamos deles para vivermos melhor nossa fé, visto que comunicam a graça de Deus em cada etapa de nossa vida. 

Vejamos: se nascemos para esta vida, nascemos também  para Deus pelo BATISMO.

Precisamos crescer e nos tornar adultos, participantes da vida da sociedade, mas para nos ajudar a nos tornarmos adultos em Cristo, temos o sacramento da CONFIRMAÇÃO.

Para termos forças e uma boa saúde, precisamos de alimento. Para alimentar nossa vida espiritual, Jesus nos deixou o sacramento da EUCARISTIA.

Se ficarmos doentes, precisamos de remédio; para a doença da alma, que é o pecado, temos o sacramento da PENITÊNCIA ou RECONCILIAÇÃO.

Se vamos viajar, precisamos de passaporte; para os que se encontram enfermos ou se aproximam da morte, Jesus deixou o sacramento da UNÇÃO DOS ENFERMOS, que os ajuda e conforta no sofrimento e na dor. Porém, é bom lembrar que a Unção dos Enfermos não é só viático (passaporte para a viagem), é também sacramento de cura, de conforto, mesmo se a doença não é fatal.

Quando é a nossa hora de servir à comunidade, encontramos dois sacramentos: o da ORDEM, para os rapazes que são chamados a ser sacerdotes e o do MATRIMÔNIO, para os que são chamados a se casar e constituir família com as bênçãos de Deus.

Todos os sacramentos nos ajudam a viver melhor como filhos e filhas de Deus e irmãos uns dos outros. Precisamos não só receber os sacramentos, mas vivê-los bem durante toda a nossa vida cristã.

Jesus dá esse presente aos homens que aceitam recebê-lo com amor. Como vimos, os Sacramentos são sete. Vamos procurar na Bíblia onde estão:

BATISMO



É o Sacramento que nos faz Igreja; a partir deste Sacramento somos chamados a participar, atuar, evangelizar; enfim, assumir o nosso papel de cristão na Igreja e no mundo. O Batismo apaga o pecado original e, através dos pais e padrinhos, leva o batizado à conversão e à busca de Deus. "Ide e pregai o Evangelho a todos os povos, batizando-os em nome do Pai, e do Filho e do Espírito Santo." (Mt 28,19).

CONFIRMAÇÃO ou CRISMA


O Batismo, geralmente é a criança que recebe. Assim sendo, são os pais e padrinhos que prometem introduzir a criança na Igreja. Já a Crisma é o sacramento da responsabilidade, pois quem o recebe (geralmente jovens) já tem consciência daquilo que quer e do seu importante papel de soldado de Cristo, comprometido com a Igreja na luta pela evangelização. "Pedro e João impuseram as mãos sobre as pessoas, para que recebessem o Espírito Santo." (At 8,17).


EUCARISTIA


É o centro dos sacramentos, o próprio Corpo de Cristo que vem alimentar a nossa via espiritual e fortalecer nossa união com Deus e com os irmãos. "Tomai e comei, isto é o meu corpo. Tomais e bebei, isto é o meu sangue." (Mc 14,22-24).

PENITÊNCIA ou CONFISSÃO



É o sacramento que limpa a nossa alma de todo o mal, de todo o pecado. Através desse sacramento nós nos voltamos para Deus, através do padre, e pedimos perdão de todos os nossos pecados e nos propomos a assumir uma vida nova. "Recebei o Espírito Santo. Os pecados que perdoardes serão perdoados." (Jo 20, 22-23).


UNÇÃO DOS ENFERMOS


É o sacramento da fortaleza de Deus (que demonstra a presença de Deus para as pessoas doentes e velhinhas). Este sacramento não é para quem está à beira da morte, mas para aqueles que estão fracos fisicamente e querem a graça de Deus. "Chame o padre para ungir o doente com óleo santo em nome do Senhor." (Tg 5,14).

ORDEM


Sacramento da consagração a Deus e à Igreja, para servir ao povo. Através deste sacramento, o homem se torna sacerdote, recebendo os poderes de Cristo, para levar a boa nova do amor a todos os homens. "Fazei isto para celebrar a minha memória." (Lc 22,19).


MATRIMÔNIO



União do homem e da mulher, que através do amor e da bênção de Deus se tornam um só corpo, uma só alma. O matrimônio é indissolúvel (ou seja, não pode acabar. Só a morte pode separar o homem e a mulher casados). "Não separe o homem o que Deus uniu." (Mc 10,9).

Assim, nós vemos que todos os Sacramentos foram instituídos por Jesus.

Os Sacramentos são sete sinais especiais da graça de Deus chegar até nós. Em cada um deles, podemos perceber a ação de Deus através dos gestos e das palavras do sacerdote que se utiliza também de elementos bem conhecidos por nós, como a água, o vinho, o óleo.

Os sacramentos acompanham toda a nossa vida cristã, dando à fé do cristão origem e crescimento, cura e missão.

Jesus quis deixar os Sacramentos em sua Igreja, pois sabia que precisaríamos deles para vivermos melhor nossa fé, visto que comunicam a graça de Deus em cada etapa de nossa vida.

Os Sacramentos são sinais de vida nova. Como todas as sementes precisam de água para nascer, crescer, dar flores e frutos, cada um de nós precisa dos Sacramentos, para ter uma vida de amor e crescer para Jesus e para os irmãos.

Os sete Sacramentos são agrupados por sua finalidade:
·                     Sacramentos de Iniciação Cristã
·                     Sacramentos de Cura
·                     Sacramentos de Serviço e Comunhão

Os Sacramentos de Iniciação são:  Batismo, Crisma e Eucaristia. Por eles, são lançados os fundamentos de toda a vida cristã.

O BATISMO é o primeiro Sacramento que recebemos, é o Sacramento que nos dá a vida nova e nos torna participantes da Vida de Deus: a Vida da Graça, que foi perdida por causa do pecado original.

 Fonte: Maria Gathe


Catequese 3º ano – Queremos seguir Jesus materialdecatequese.webnode.pt
 Exercícios – EUCARISTIA
1 – O Sacramento da _____________________ completa a iniciação cristã.
2 – A Eucaristia é o _____________________ da vida da Igreja.
3 – A Celebração Eucarística inclui sempre:
A proclamação da _____________________ de Deus;  
A ação de __________________ (Agradecimento) a Deus;
A Consagração do ___________ e do _____________;
A ______________________ , isto é, a participação no banquete litúrgico pela recepção do corpo e sangue do Senhor.
4 – Cristo, na pessoa do Sr. __________________ torna-se presente no pão e no vinho.
5 – Quem quiser receber Cristo na Comunhão deve estar preparado para tal, deve _______________________ primeiro os seus pecados.
Soluções: Eucaristia, coração, Palavra, graças, pão, vinho, comunhão, Padre, confessar

******************************************************************


Nenhum comentário:

Postar um comentário